UNS VÃO À PRAIA. EU VOU AO MAR. PORQUE SOU DO MAR... O MAR, AOS QUE SÃO DO MAR: ODOYÁ! ODOYÁ!
Aquários de tubarões não inundam os meus pés. Só quero o vômito da minha própria vazante. Porque, sou Roberta Aymar...
TECIDO VIVO!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

isso que se busca ao vislumbr'ar o espelho...


 Ode à Beleza

V
E
N
U
S

* Vênus * 
Diego Rodríguez de Silva y Velázquez

*
● aos pedaços sempre ●
● mesmo rindo com leopardos ●
● vivo o vento quente ●
● o vinho ardente no sangue ●
...● nem dormir ?pra q ●

*Alberto Lins Cadas*
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário