UNS VÃO À PRAIA. EU VOU AO MAR. PORQUE SOU DO MAR... O MAR, AOS QUE SÃO DO MAR: ODOYÁ! ODOYÁ!
Aquários de tubarões não inundam os meus pés. Só quero o vômito da minha própria vazante. Porque, sou Roberta Aymar...
TECIDO VIVO!

quinta-feira, 24 de março de 2011

Prefiro não fazer.



Herman Melville
O Criador da Criatura




"Pode qualquer trabalho parecer mais adequado para aumentar essa desesperança do que lidar continuamente com essas cartas extraviadas e classificá-las para as chamas?"
"Pois elas são incineradas anualmente em abundância."
"Algumas vezes, o pálido funcionário encontra um anel dentro do papel dobrado - o dedo a que se destina, talvez, esteja apodrecendo debaixo da terra; uma nota bancária em rápida caridade - aquele a quem iria aliviar já não come nem pass...a fome; perdão para aqueles que morreram em desespero; boas novas para os que morreram sem assistência em calamidades. 
Com mensagens de vida, essas cartas corriam para a morte.
Ah, Bartleby! Ah, humanidade!"
















"A renúncia é a libertação. 
Não querer é poder."
(Fernando Pessoa)



Nenhum comentário:

Postar um comentário