UNS VÃO À PRAIA. EU VOU AO MAR. PORQUE SOU DO MAR... O MAR, AOS QUE SÃO DO MAR: ODOYÁ! ODOYÁ!
Aquários de tubarões não inundam os meus pés. Só quero o vômito da minha própria vazante. Porque, sou Roberta Aymar...
TECIDO VIVO!

quinta-feira, 24 de março de 2011

nisso, onde tudo há...

 
"A renúncia é a libertação. 
Não querer é poder." 
(Fernando Pessoa * Livro do Desassossego)
 
 
*
● quantos olhos ●
● sempre inuteis ●
● linguas viciadas ●

...● esses dedos ●
● essas palmas ●
● essas orelhas ●

● isso q se diz ●
● isso q se espalha ●
● depois fumaça ●

● eis os corpos ●
● sempre ao redor ●
● ratos sangrados ●

●?essas palavras ●
●?são palavras ●
● apenas isso ●

● brilho ridiculo ●
● riso bruto ●
● aqui não ha nada ●
*
Alberto Lins Caldas

*******

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário