UNS VÃO À PRAIA. EU VOU AO MAR. PORQUE SOU DO MAR... O MAR, AOS QUE SÃO DO MAR: ODOYÁ! ODOYÁ!
Aquários de tubarões não inundam os meus pés. Só quero o vômito da minha própria vazante. Porque, sou Roberta Aymar...
TECIDO VIVO!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

"There in the midst of it so alive and alone words support like bone..."



"There in the midst of it so alive and alone
words support like bone..."


Nenhum comentário:

Postar um comentário