UNS VÃO À PRAIA. EU VOU AO MAR. PORQUE SOU DO MAR... O MAR, AOS QUE SÃO DO MAR: ODOYÁ! ODOYÁ!
Aquários de tubarões não inundam os meus pés. Só quero o vômito da minha própria vazante. Porque, sou Roberta Aymar...
TECIDO VIVO!

domingo, 12 de fevereiro de 2012

...posto que é mistério, mistério será!



Desafiada a dissertar sobre (5) mistérios, posto que os tenho, não teria sido difícil o desafio.
Mas, compelida pelo impulso sem freios da IMPROVÁVEL CERTEZA, mordi os dentes da ordem e da sequência da VERDADE 

dentro da própria boca...
Com a língua sabendo o sangue refaço trajetos para a palavra PALAVRA...
Seria isso o significado do verbo ANDAR?


...12.02.2012...







Nenhum comentário:

Postar um comentário